Horas

Notícia


22-04-2010


Origem: CBN
Público americano verá seis minutos inéditos de "Avatar"
Até nisso o "Avatar" de James Cameron bate um recorde: seu relançamento, trazendo imagens inéditas, é o mais rápido de que se tem notícia. Mas por enquanto somente o público americano poderá assistir - a partir de julho - a seis minutos de sequências que foram cortadas do filme que chegou aos cinemas. James Cameron revelou a notícia esta semana numa entrevista ao jornal "Los Angeles Times". O diretor explicou que, como seu filme teve de ser retirado das salas Imax por causa do lançamento de "Alice no País das Maravilhas", mas ingressos antecipados de "Avatar" haviam sido vendidos, a promessa do distribuidor é voltar com o filme em cartaz durante o verão nos Estados Unidos. Como na época a produção já terá sido lançada em DVD e Blu-Ray, Cameron decidiu dar um diferencial ao filme incluindo as cenas inéditas. Na mesma entrevista, Cameron aproveitou para revelar mais detalhes sobre as continuações de sua obra: em "Avatar 2" será mostrado o oceano de Pandora, "rico, diverso, louco e imaginativo"; já o terceiro filme terá sua ação ambientada na galáxia de Alpha Centauri AB, que abriga Pandora.

Will Smith e Tommy Lee Jones confirmados em "MIB 3"
O cineasta Barry Sonnenfeld confirmou esta semana que os atores Will Smith e Tommy Lee Jones estarão no elenco de "Homens de Preto 3". A ideia de uma terceira parte já estava planejada havia anos, mas não se concretizou por conflitos nas agendas da dupla central. A demora, no entanto, acabou sendo providencial. Fora o fato de que "Homens de Preto 3" segue a tendência hollywoodiana das continuações, agora a produção tem a seu favor a evolução da terceira dimensão. É claro, "MIB 3" será produzido para exibição 3D. Barry Sonnenfeld, que não dirigia um filme desde o fiasco "Férias no Trailer", foi o responsável pelos dois primeiros filmes da série "MIB". Apesar de o diretor ter confirmado Smith e Jones no elenco, até o momento apenas Will Smith já assinou o contrato. O roteiro de "MIB 3" será escrito por Etan Cohen, o mesmo de "Trovão Tropical", e poderá apresentar ao público um novo personagem para se juntar à dupla de agentes Jay e Kay: ele será o Agente K (cujos rumores apontam o nome de Josh Brolin para o papel). Até o momento não há previsão para o lançamento desta continuação.

Mostra traz clássicos e raridades do cinema nacional
Até o dia 16 de maio o Centro Cultural Banco do Brasil e a Cinemateca Brasileira (em São Paulo) apresentam uma mostra no mínimo curiosa. Trata-se da segunda edição do "Clássicos & Raros do Cinema Brasileiro", um evento que pode agradar não apenas os fãs de cinema nacional, mas sobretudo aqueles aficionados por relíquias da sétima arte. A mostra pretende exibir uma série de filmes que definiram o perfil da produção cinematográfica nacional ao longo do século passado. Entre os que se incluem na definição de clássicos destaca-se "O Pagador de Promessas", assinado por Anselmo Duarte em 1962 e que foi indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro e à Palma de Ouro em Cannes; já no conceito de raridade, uma das pérolas obscuras é um curta de animação silencioso chamado "Macaco feio... Macaco bonito...", feito em 1929 pelo ilustrador carioca Luiz Seel. Após a temporada em São Paulo, a mostra segue a partir do dia 11 de maio para o Rio de Janeiro e Brasília. Para conhecer a programação completa, acesse o site do Centro Cultural Banco do Brasil - http://www.bb.com.br/cultura.

Inédito "O Bem Amado" abre edição 2010 do "Cine-PE"
A partir da próxima segunda, a cidade de Recife - capital pernambucana - passa a respirar cinema com a edição 2010 do "Cine-PE Festival do Audiovisual". Para abrir o evento será exibido, pela primeira vez e em caráter hors-concours, o longa "O Bem Amado", adaptação de Guel Arraes a partir do clássico texto de Dias Gomes. A história ficou famosa nos anos de 1970 na novela da Rede Globo "O Bem Amado", que entrou para a antologia da TV brasileira ao contar o dia a dia dos habitantes na cidade de Sucupira, sempre sob o olhar atento do prefeito Odorico Paraguaçu (personagem imortalizado pelo ator Paulo Gracindo). Na mostra competitiva de longas-metragens, os filmes selecionadas foram "As Melhores Coisas do Mundo", de Laís Bodanzky; "Léo e Bia", de Oswaldo Montenegro; "Não Se Pode Viver Sem Amor", de Jorge Durán; "O Homem Mau Dorme Bem", de Geraldo Moraes; "Cinema de Guerrilha", de Evaldo Mocarzel; e "Sequestro", de Wolney Atalla. Os premiados no "Cine-PE" serão conhecidos no dia 2 de maio.

Estreias - "Alice no País das Maravilhas" e "Os EUA x John Lennon"
Duas estreias nos cinemas, e completamente diferentes em gênero e realização, merecem a atenção do público a partir deste final de semana. "Alice no País das Maravilhas" certamente não agradará ao todos (a obra está longe de ser indicada para crianças), mas há nele pontos positivos a ser considerados. Antes de tudo é uma adaptação da obra clássica de Lewis Carroll, que conta as aventuras da garota Alice, uma jovem que cai em um mundo mágico cheio de personagens estranhos e obscuros. Dirigido pelo sempre provocador Tim Burton, o filme traz algumas de suas marcas registradas: um colorido arrebatador, personagens que podem tanto atrair como causar repulsa e seus atores prediletos no elenco, Johnny Depp e Helena Bonham Carter. Já o documentário "Os EUA x John Lennon" revela um episódio na vida do ex-Beatle raramente discutido. Entre os anos de 1966 a 1976, Lennon praticamente abandonou a música para, ao lado da mulher Yoko Ono, dedicar-se a campanhas políticas contra as guerras - em especial a do Vietnã, naquele instante o fato mais polêmico no mundo e vergonha para a maioria dos americanos. A ideologia ativista de Lennon não só gerou sérios conflitos entre ele o governo dos Estados Unidos; o músico foi literalmente perseguido por J. Edgar Hoover, o diretor todo-poderoso do FBI, que chegou a mandar instalar escutas no apartamento de John Lennon, além de comandar uma campanha para que o artista fosse expulso do país.

Marcos Petrucelli é jornalista formado pelas Faculdades Integradas Alcântara Machado em 1992. Trabalhou no jornal Folha da Tarde e nas revistas Set e Playboy, da Editora Abril. Em 1997 criou o e-Pipoca, primeiro site especializado em cinema na internet brasileira. Além de cobrir os mais importantes festivais de cinema no Brasil, Petrucelli também esteve na cerimônia do Oscar em quatro oportunidades. Desde 2005 é comentarista do quadro Sessão de Cinema, no CBN Total, programa ancorado por Adalberto Piotto.

20-04-2010

Arrecadação federal tem valor recorde para meses de março

O governo federal arrecadou R$ 59,4 bilhões em impostos e contribuições em março, o que representa alta de 6,08% em relação ao mesmo período do ano passado. O valor é recorde para meses de março. No primeiro trimestre, as receitas acumularam R$ 185,98 bihões, montante 11,01% superior ao apurado em igual período de 2009.
Ouça a reportagem





Charge - Rádio Sucupira




notícia é um formato de divulgação de um acontecimento por meios jornalísticos. É a matéria-prima do Jornalismo, normalmente reconhecida como algum dado ou evento socialmente relevante que merece publicação numa mídia. Fatos políticossociaiseconômicosculturaisnaturais e outros podem ser notícia se afectarem indivíduos ou grupos significativos para um determinado veículo de imprensa. Geralmente, a notícia tem conotação negativa, justamente por ser excepcional, anormal ou de grande impacto social, como acidentes, tragédias, guerras e golpes de estado. Notícias têm valor jornalístico apenas quando acabaram de acontecer, ou quando não foram noticiadas previamente por nenhum veículo. A "arte" do Jornalismo é escolher os assuntos que mais interessam ao público e apresentá-los de modo atraente. Nem todo texto jornalístico é noticioso, mas toda notícia é potencialmente objeto de apuração jornalística.

Primeiro jornal Português

Primeiro jornal Brasileiro

Uma rotativa, máquina que imprime jornais

Google News
Quatro fatores principais influenciam na qualidade da notícia:
  1. Novidade: a notícia deve conter informações novas, e não repetir as já conhecidas
  2. Proximidade: quanto mais próximo do leitor for o local do evento, mais interesse a notícia gera, porque implica mais diretamente na vida do leitor
  3. Tamanho: tanto o que for muito grande quanto o que for muito pequeno atrai a atenção do público
  4. Relevância: notícia deve ser importante, ou, pelo menos, significativa. Acontecimentos banais, corriqueiros, geralmente não interessam ao público
Notícias chegam aos veículos de imprensa por meio de repórterescorrespondentesagências de notícias e assessorias de imprensa. Eventualmente, amigos e conhecidos de jornalistas fornecem denúncias, sugestões de pauta, dicas e pistas, às vezes no anonimato, pelo telefone ou por e-mail.
Nos EUA, é comum a figura do news-hawk (gavião-de-notícia), uma espécie de informante-apurador contratado pelo jornal, que anda em busca de assuntos que potencialmente possam gerar notícias.