Horas

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

As mazelas da Saúde, Moradia, Educação, Transporte... VIDA no BRASIL

Ouço cotidianamente governantes, secretários, parlamentares, juízes, pessoas influentes e críticos discursando a respeito da saúde, educação e demais necessidades humanas.

A questão é defendida como um negócio, que envolve cifras. É, é isso mesmo: “se não for tratado uma doença no inicio o Estado desembolsará mais...”; “se determinados animais não forem microchipado ao valor de R$ 200,00, o Estado arcará com mais de R$ 5.000,00 para corrigir”; “se nos governos passados tivessem feito tal investimento..., hoje teríamos economizado tanto...”; e vai por ai.

Somos aos olhos destas pessoas uma coisa, um negócio, pois desenvolveram uma metodologia para tratar os problemas dos indivíduos, principalmente de nações em que tem na constituição garantias como: saúde, educação, moradia, dignidade dos indivíduos. Somos explorados, tratados com oportunismo para um bom discurso demagógico, aproveitador e sem objetivo coletivo, apenas para justificar.

São desculpas esfarrapadas e argumentos mal-intencionados que soam aos nossos ouvidos como um trovão na tempestade, raios que sai desordenado em qualquer direção para atingir um alvo e descarregar sua potência destrutiva e polarizada. Verdadeira carga “negativa” que encontra um pára-raios (humanos) para rechear seus discursos, nada traz de concreto apenas palavras..., as vezes promessas.

Estas pessoas ou são dotados de capacidade natural (caras-de-pau), ou estão lendo muitos livros de auto-ajuda para domínio da mente..., e de pessoas.

Usam e abusam de técnicas para iludir, enganar mesmo, as pessoas com discursos mentirosos e mal-intencionados.

Uma verdadeira investida contra a ignorância de alguns e abuso demagógico de outros.

Cansado de tantas ofensas e de mentiras, fica aqui, para quem quiser se manifestar e opinar para enriquecer este.

Nenhum comentário:

Postar um comentário